Crédito Consignado Mudando A Vida de Aposentados

Aposentado e Pensionistas do INSS voltam a sonhar…

Por muito tempo os aposentados e pensionistas ficaram a margem nas relações de consumo.

Claro que possuem renda fixa, mas muitos não possuíam nem mesmo um lar. Muitos viviam de casa em casa, apenas dependendo da sorte e da boa vontade. Outros ficavam relegados apenas a serem esquecidos em clínicas para a 3a idade, sem contato com o mundo externo.

Algumas mudanças oriundas do Crédito Consignado

Hoje com o advento do empréstimo consignado podemos ver uma realidade diferente, longe ainda de ser a ideal, mas um pouco melhor.

Com o acesso ao crédito consignado, os aposentados e pensionistas do INSS deixaram de serem apenas clientes da indústria farmacêutica, passaram a investir, comprar produtos e contratar serviços de outras áreas. Com isso adquiriram a tão sonhada televisão colorida LED 55´´, o colchão ortopédico dos sonhos, a cozinha acalentada por tantos anos, entre outros. Idosas que outrora achavam um luxo, voltaram aos salões de beleza.

Uma Sociedade Melhor Pode Surgir do Planejamento

O mais impressionante neste período, é o que essa mudança que pode fazer na sociedade. Se for bem planejado pelo próprio beneficiário da aposentadoria, pode ter transformado radicalmente o meio onde se vive. Adquirindo uma casa, seja integralmente ou como parte do pagamento.

Como Comprar uma Casa Com um Benefício de Salário Mínimo?

Um excelente exemplo é se quiser adquirir uma casa de dois dormitórios, o aposentado compromete 30% de sua renda, mas já consegue comprar o imóvel pronto da construtora. Se for de madeira em muitos lugares quita integralmente, mas um imóvel de alvenaria pode ser adquirido por R$ 35 mil. O terreno por R$ 25 mil (depende do Município e localização). Então neste caso, tem uma casa nova, funcional que melhora a dignidade da pessoa (muitos casos de pessoas que viviam em condições sub-humanas), mas que com o imóvel novo, voltam a sorrir e principalmente a sonhar. O que poderia acontecer num caso desses, se morar de aluguel, parar de pagar aluguel e pagar os restantes das prestações com a economia.

Idoso precisa de Carro?

Há muitos idosos que dirigem, mas e quando não possuem meios de locomoção, em virtude da demora de ônibus ou não possuírem recursos para deslocamentos quase diários em táxis especiais.

Haveria alguma solução?

Outras formas de financiamento também são feitas, como a aquisição de veículos para se locomoverem até destinos que antes eram de difícil acesso. Mas neste caso deve ser bem pensado, pois a manutenção pode aumentar os custos do aposentado ao invés de diminuir. O ideal é que as varáveis neste tipo de negócio sejam levadas em conta.

Comprar Veículos para terceiros!

Já vemos idosos que adquirindo até mesmo motocicletas para os filhos, netos ou outros, que precisam se mover rapidamente pela cidade. Outro caso típico, se houver mais benefícios é ideal para adquirir. Uma boa moto popular custa R$ 7 mil e o aposentado pode retirar R$ 9,3 mil. Ainda fica com uma reserva para emergências ou para usufruir como queira.

Somente teremos uma sociedade justa, quando formos justos com os mais velhos

Todo esse movimento é muito válido, mas o ideal que traga conforto e bem estar ao idoso. Pois tudo deve ser feito pensando no conjunto, onde alguns tiram vantagens, muitas vezes com falsas promessas, recebem a ajuda, mas não esquecem daqueles que tornaram isso possível. Sabedoria é adquirida, quando olhamos nossos anciãos como devem ser vistos. Pessoas que lutaram e adquiriram serenidade e por isso merecem todo o respeito que lhes é cabido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *